Show comemora 100 anos de Jacob do Bandolim

O bandolinista e compositor Jacob do Bandolim
Jacob do Bandolim (Foto: Divulgação)

Estivesse vivo ontem (14), um dos mais importantes compositores e instrumentista do choro, o bandolinista Jacob do Bandolim (1918-1969), teria completado 100 anos de idade. Entretanto, ao contrário de seu criador, sua música permanece viva, e é por meio das mãos e almas de instrumentistas – todos de primeiro time- que ela dá prova disso, em show que acontece neste sábado (17) e domingo (18), no Sesc Pinheiros, em São Paulo.

O próprio Jacob se espantaria com o respeito que os instrumentistas presentes no show interpretam sua música, tamanha destreza e sentimento com que a tratam. Entre eles estão os melhores bandolinistas brasileiros, como Izaias Bueno de Almeida, Danilo Brito, Hamilton de Holanda e Fábio Peron, além de Milton de Mori, que no evento também ataca de cavaco. Roberta Valente (pandeiro), Gian Correa (violão 7 cordas) e Rafael Toledo (percussão) fazem a cama para os bandolinistas deitarem e rolarem.

O espetáculo conta ainda com a participação de cantora Carmem Queiroz para dar vida a letras de “Jamais”, “Doce de Coco” e “Barracão de Zinco”. Embora esta última não seja uma composição de Jacob – sua autoria é do radialista e compositor Oldemar Magalhães (1912-1990), em parceria com Luiz Antônio (1921-1996) – , tem lugar garantido. “Barracão está no repertório do show por conta da gravação antológica do Jacob com a Elizeth Cardoso e o Zimbo Trio”, disse a pandeirista e uma das idealizadoras do show, Roberta Valente, em entrevista ao Música em Letras.

Para ela, o bandolinista foi um gênio e um dos maiores compositores da história da música brasileira. “Talvez o maior. É difícil escolher alguém em um lugar com tantos compositores brilhantes como o Brasil, mas para mim o Jacob influenciou e ainda influencia todos que vieram depois dele”, falou a instrumentista sobre o artista que também foi importante pesquisador da música instrumental brasileira, trazendo o nome de Ernesto Nazareth (1863-1934) de volta à luz e aos ouvidos de todos por meio de regravações. “Graças ao Jacob e ao acervo que ele formou, hoje temos muitas partituras e gravações que teriam sido perdidas facilmente no tempo.”

Cerca de 15 músicas serão tocadas no show para deliciar quem gosta de música de qualidade sendo interpretada por músicos espetaculares.

Assista, a seguir, trecho do ensaio do show.

100 ANOS DE JACOB DO BANDOLIM

ARTISTAS Vários
ONDE Sesc Pinheiros, r. Pais Leme, 195, Pinheiros, São Paulo, tel. (11) 3095-9400
QUANDO Sábado (17), às 21h; e domingo (18), às 18h
QUANTO De R$ 12 a R$ 40