Cyro Baptista faz show no Festival Música Estranha, em São Paulo

Por Carlos Bozzo Junior
O percussionista e compositor Cyro Baptista (Foto: Divulgação)

Acontece de hoje a domingo (26), em São Paulo, a quinta edição do Festival Música Estranha, trazendo shows e workshops de artistas nacionais e estrangeiros inquietos, que fomentam a música experimental com muita criatividade.

Entre eles, a artista vocal, compositora e improvisadora alemã Ute Wassermann, que trabalhará em dupla com o rabequeiro Thomas Rohrer (suíço radicado no Brasil); o ensemble dinamarquês We Like We; além do percussionista, compositor e arranjador brasileiro, radicado há 38 anos em Nova Iorque, Cyro Baptista, 66, que concedeu entrevista ao Música em Letras.

BlueFly é o nome do show que Baptista apresentará no festival, dias 24 e 26, na companhia dos músicos norte-americanos que formam a banda Banquet of the Spirits. São eles, Tim Keiper (bateria, voz, e ngoni, instrumento africano de cordas), Brian Marsella (piano, escaleta e teclados), e Jason Fratticelli (baixo e cuatro, instrumento da família do violão), além de Baptista na percussão e voz. O brasileiro interpretará músicas de cinco discos, incluindo as do disco homônimo ao show, “BlueFly” (2016), e “Book of Beriah”, CD com composições inéditas de John Zorn.

“Faremos pela primeira vez uma apresentação desse show, três dias antes de embarcarmos para o Brasil, no Village Vanguard, aqui em Nova York”, disse o músico que desenvolve um trabalho diversificado e constante. A agenda de Baptista anda agitada. Entre outubro e novembro, realizou performances com o violoncelista YoYo Ma, uma tour com a Trey Anastasio Band, além de uma série de apresentações no Stone, no East Village, bairro de NovaYork, local exclusivo para apresentações da música experimental e de vanguarda. “Voltando do Brasil, participo do disco de Lionel Lueke, farei explorações eletrônicas com Nicolas Jaar, uma residência na Universidade de Maryland, e participaremos do festival de música Big Ear, um tipo de festival igual ao Música Estranha.”

Perguntado se considera sua música estranha, o artista respondeu: “O estrangeiro é estranho porque é o desconhecido. É uma outra possibilidade, uma nova alternativa talvez para as modernas tradições às quais Naná Vasconcelos se referia. Não sei se a música que faço é estranha; o estranho está no olho de quem vê e ouve.”

Quanto ao festival do qual irá participar, Baptista comentou: “Primeiro, quero externar meu total respeito por investirem em uma música que não é do ‘mainstream’. Não quero julgar a condição atual em que o Brasil se encontra, mesmo porque há 38 anos saí do pais, há 47 de Sampa, mas creio que um festival chamado Musica Estranha seja uma receita adequada para a atual conjuntura”.

A programação completa do festival pode ser conferida no site do evento www.musicaestranha.me

SHOW BLUEFLY NO FESTIVAL MÚSICA ESTRANHA
ARTISTAS Cyro Baptista e Banquet Of The Spirits
QUANDO Dias 25 e 26 de novembro, sábado (25), às 21h; domingo (26), às 18h
ONDE Sesc 24 de Maio, r. 24 de Maio, 109, República, São Paulo, tel. (11) 3350-6300
QUANTO De R$ 9 a R$ 30