Rock in Rio e hip hop em São Paulo

Por Carlos Bozzo Junior
Atrações do 3 MAC Festival
(Foto: Divulgação)

Na sexta-feira (15), enquanto o rock toma conta do Rio, o hip hop domina São Paulo, com o 3º M.A.C. Festival, dedicado ao gênero.

Nas décadas de 1970, o hip hop surgiu entre as comunidades caribenhas, afro-americanas e latino-americanas da periferia de NovaYork. Diversos artistas alegam terem criado o hip hop, entre eles DJ Lovebug Starski, Afrika Bambaataa, Keith ‘Cowboy’ Wiggins e Grandmaster Flash. Este último é uma das atrações internacionais do 3º M.A.C. Festival, em São Paulo, que acontece amanhã no espaço Nos Trilhos (local onde trens do século 20 são restaurados e que também funciona como área para atividades culturais) no bairro da Mooca, em São Paulo.

Grandmaster Flash
Grandmaster Flash (Foto: Divulgação)

Além de Grandmaster Flash, que aparece como o inventor de técnicas de DJing como backspin (técnica utilizada para passar de uma música para a outra, girando o vinil para trás) e scratching, outros artistas, como The Gaslamp Killer, Black Alien e Rincon Sapiência, prometem muito som para quem for ao evento.

Gaslamp Killer
The Gaslamp Killer (Foto: Divulgação)

The Gaslamp Killer difunde, por meio de batidas de culturas diversas, entremeadas a mixes hipnóticos, psicodélicos, com muito bass e rock, o que é reconhecido tanto como um hip hop moderno, como música eletrônica de vanguarda. A criação lhe rendeu a alcunha de DJ mais popular de Los Angeles.

Black Alien
Black Alien (Foto: Divulgação)

Black Alien, parte da cena underground carioca, ganhou projeção nacional e internacional com o Planet Hemp. Com o lendário rapper Speedfreaks (1971- 2010) e o DJ Rodrigues, gravou a música “Hit Hard Hip Hop”. Depois de cinco anos e três álbuns de estúdio, Black Alien seguiu carreira solo. O repertório de Black Alien no festival promete novidades.

Rincon Sapiencia
Rincon Sapiência (Foto: Divulgação)

Rincon Sapiência é o eleito para representar o rap brasileiro da atualidade. “Galanga Livre” é o recém-lançado disco de estreia do artista, que o mostra como um ágil poeta. Em seu som há música africana, capoeira, blues, coco, rock e tropicália, entre outros gêneros.

Luisa Viscardi
Luisa Viscardi (Foto: Divulgação)

Também não faltam mulheres fazendo um som no evento. A DJ Luísa Viscardi (Jambox) se apresenta com um set pautado no hip hop clássico, com desenvoltura freestyle, além das Ice Cream Girls Club, duas garotas que tocam o que há de mais fresco no rap e trap.

Rock no andar de cima, hip hop no de baixo, podem até chamar o síndico, mas o som nessa sexta-feira vai comer.

M.A.C. FESTIVAL 3ª EDIÇÃO
QUANDO Amanhã (15), das 22h às 4h
ONDE Nos Trilhos, r. Visconde de Parnaíba 1253, Mooca, São Paulo, tel. (11) 99203-2803
QUANTO A partir de R$ 70 no www.bit.ly/3edicaoMacFestival