Jonathan Demme deixa saudade em músico brasileiro

Por Carlos Bozzo Junior
O músico e ator Cyro Baptista em cena no filme “O Casamento de Rachel”, de Jonathan Demme (Foto: Reprodução da internet)

Jonathan Demme, diretor que ficou conhecido, entre outros, pelos filmes “The Silence of the Lambs” (O Silêncio dos Inocentes, 1993) e ” Philadelphia” (Filadélfia, 1991), morreu na última quarta-feira (26), em Nova York, aos 73 anos, deixando, além de um belo legado, um forte sentimento de perda que afetou sua mulher, a artista Joanne Howard, seus três filhos e mais gente.

Entre as pessoas que ficaram comovidas com sua perene ausência está o percussionista, compositor e arranjador brasileiro, radicado em Nova York, Cyro Baptista, que trabalhou com Demme no filme “Rachel Getting Married” (O Casamento de Rachel, 2008).

O Música em Letras entrevistou, hoje (27), por e-mail, o músico, que no momento está a caminho de Nova Orleans, continuando a turnê de 20 concertos com Trey Anastasio Band (Phish), cantor e compositor de rock’n’roll.

Baptista trabalhou como ator e músico em alguns filmes. Entre eles, “Weeds” (Por Trás de uma Porta Fechada, 1987), com Nick Nolte; “Mixed Blood” (Sangue Misto, 1985), filmado em Nova York, com Marília Pêra (1943 – 2015); e “Across The Universe” (Através do Universo, 2007), filme de Julie Taymor sobre os Beatles.

Trilhas sonoras de sua autoria, Baptista perdeu a conta de quantas já compôs, mas recorda das que realizou para “Good Shepard” (O Bom Pastor, 2006), dirigido por Robert De Niro; “Flawless” (Ninguém é Perfeito, 1999), com De Niro e Phillip Seymour Hoffman; e para mais de 20 documentários e curtas, com o saxofonista John Zorn.

“Conheci Jonathan Demme por meio de um velho amigo, o fotógrafo John Clifford , uma espécie de ‘protetor’ dos músicos brasileiros em Nova York. Demme estava procurando por possibilidades musicais para inserir na cena da festa do ‘Casamento de Rachel’, o filme”, disse o percussionista acrescentando que ao conhecer Demme, o diretor se mostrou uma pessoa muito gentil, acessível e aberto a sugestões.

“A filmagem da festa desse filme foi feita de maneira bem realista, tipo cinema verdade, durante a qual os atores e convidados ficaram hospedados em uma bela casa, no fim de semana, em que durou o evento. O mais interessante durante a filmagem foi a maneira com que Demme inspirava os atores a serem o mais ‘natural’ possível, com um mínimo de ensaio, dando muita ênfase ao que acontecesse no momento.”

Segundo Baptista, sua participação no filme, embora tenha sido concebida pelo diretor e pelo roteirista, foi planejada para acontecer de maneira totalmente espontânea, no intuito de criar um caos entre os “convidados” da festa.

“Foi montada uma grande tenda no jardim da casa, onde a editora e designer de som Susana Peric, dos filmes ‘O Silêncio dos Inocentes’ e ‘O Senhor dos Anéis’, cuidou para que tudo fosse gravado ao vivo, criando uma atmosfera de festa mais genuína possível. Os atores e convidados foram totalmente surpreendidos com nossa inesperada entrada, e o samba criou uma catarse liberando as profundas emoções que ferviam dentro da família.”

O percussionista Cyro Baptista (Foto: reprodução da internet)

Assista ao trecho em que Cyro Baptista aparece em “O Casamento de Rachel” em https://www.youtube.com/watch?v=x3Z85oNigxU&list=PLD_FqcAnGXho80KQKVsZgkwiYTbzjFd2p&index=13

Conheça mais sobre esse excelente músico no vídeo “Who is Cyro Baptista?” (Quem é Cyro Baptista?, 2013), no qual figuram o trompetista Wynton Marsalis e o violoncelista Yo-Yo Ma, entre outros artistas que já tiveram a honra de compartilhar suas músicas com o brasileiro. O link para esse vídeo é https://www.youtube.com/watch?v=it7YC9glH3g

A página do Facebook do artista é https://www.facebook.com/CyroBaptista1/