Diretora da EMIA vazou – parte 2

Por Carlos Bozzo Junior

Atendendo a solicitação de esclarecimento enviado pelo Música em Letras, a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo respondeu hoje (28), às 20h16, por e-mail.

A solicitação teve o intuito de esclarecer o internauta do blog sobre o pedido de exoneração, feito pela ex-diretora Luciana Schwinden, da Escola Municipal de Educação Artística (Emia), em carta aberta ao público e endereçada ao secretário André Sturm. O conteúdo da carta foi publicado pelo Música em Letras, no post anterior.

Segundo o e-mail da secretaria, o pedido de exoneração da ex-diretora foi aceito pelo secretário. “Ainda não há um novo nome para assumir a direção da Escola Municipal de Iniciação Artística – EMIA. Tão logo seja definido, será divulgado pelos canais oficiais da Secretaria Municipal de Cultura”, informou a Assessoria de Comunicação da secretaria.