Papo Reto – Banda Sinfônica do Estado de São Paulo ganha respiro

Por Carlos Bozzo Junior
Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, em ato concerto realizado no último dia 20, no Hall Monumental da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (Foto: Carlos Bozzo Junior)
Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, em ato concerto realizado no último dia 20, no Hall Monumental da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (Foto: Carlos Bozzo Junior)

A Banda Sinfônica do Estado de São Paulo realizou no último dia 20 um ato-concerto contra as demissões de todos os músicos do grupo. A polêmica e o ato-concerto foram noticiados por esse blog, na seção PAPO RETO, no mesmo dia (veja post anterior). O resultado da manifestação gerou um “respiro” para o grupo que mantém a tradição das bandas de sopro do Estado de São Paulo.

Segundo Gabriela Machado, flautista da banda criada em 1993 pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, houve uma vitória parcial sobre a questão das demissões. “Foi aprovada, ontem [21], em emenda aglutinativa, a verba para a Banda Sinfônica referente a seis meses de programação.”

De acordo com a artista, essa aprovação foi resultado de um acordo suprapartidário entre lideranças do PSDB, PSOL, PT e PTB. “Essa união do governo e oposição demonstrou que a luta continua, e a mobilização e o apoio público foram essenciais para obtermos esse respiro.”

Veja, a seguir, um novo vídeo do ato-concerto registrado exclusivamente pelo Música em Letras.