Louise Woolley lança “Ressonâncias” em show gratuito

Por Carlos Bozzo Junior
A pianista Louise Woolley, que lança do CD "Ressonâncias", nessa quinta-feira (Fotomontagem: Carlos Bozzo Junior)
A pianista Louise Woolley, que lança do CD “Ressonâncias”, nessa quinta-feira (Fotomontagem: Carlos Bozzo Junior)

Sim, a grana está curta. No entanto, a cidade oferece amanhã (20), no Centro Cultural São Paulo, um show impagável. Para a sorte de quem aprecia música de alta qualidade e anda meio quebrado, o show, gratuito, marca o lançamento do CD “Ressonâncias” da pianista, compositora e arranjadora paulistana Louise Woolley.

Esse é o segundo disco de Woolley, que acaba de voltar do Uruguai onde se apresentou com sucesso no festival Jazz a la Calle. O disco conta com um quinteto forte que faz a base de todo trabalho. Além do piano de Woolley, há o baixo de Bruno Migotto; a bateria de Daniel de Paula; o trombone de Paulo Malheiros; e sax e flauta de J. P. Barbosa. Há ainda as participações especiais da cantora Lívia Nestrovski e de Diego Garbin, tocando flugelhorn, na faixa “O Desapego”.

Em entrevista por e-mail ao Música em Letras, Woolley contou que o novo disco é um diário pessoal em forma de som. “Nele, conto minhas impressões, minhas experiências, minhas dores e alegrias. A ‘ressonância’ da minha vida, na música que faço”. Segundo a instrumentista, o primeiro CD também foi assim. “Mas como a vida naturalmente muda, o som também mudou”, completou.

“Ressonâncias” é o nome de uma série de quadros da artista plástica Talita Zaragoza. “Somos amigas de colégio e sempre admirei esse trabalho que ela iniciou há muitos anos. O jeito da Talita desenhar tem muito a ver com maneira que compus essas músicas do disco. Seu traço é um tanto improvisado e orgânico porque ela não não interrompe o fluxo.Vendo seus desenhos fica mais fácil de entender [eles estão na capa e nos encartes do CD]. Ela desenhou não só a capa, mas fez um desenho para cada faixa do disco, enquanto o escutava, improvisando junto com a gente e mostrando a ressonância do som nos seus desenhos”, explicou Woolley.

Capa do CD "Ressonância" da compositora, arranjadora e pianista Louise Woolley (Foto: Carlos Bozzo Junior)
Capa do CD “Ressonância” da compositora, arranjadora e pianista Louise Woolley (Foto: Carlos Bozzo Junior)

Das nove faixas de “Ressonâncias”, Woolley ressalta “A caminho”, que abre e fecha o disco em dois arranjos diferentes, um para duo (piano e sax soprano) e outro para quinteto. “Essa música fiz no dia em que minha amiga Marina Beraldo me contou que estava grávida de sua primeira filha. O tema maternidade é algo que mexe muito comigo. Fui mãe muito nova e, entre as incontáveis e incontestáveis alegrias, também há muitas vezes dor, solidão, culpa. Por isso, fiz duas versões, acho que cada uma passa sentimentos diferentes, uma mais melancólica, outra mais ‘pra fora’”, falou a pianista que também dedicou a música a Carol Bezerra e Leticia Borges, outras de suas amigas que estavam com bebês “a caminho” na mesma ocasião.

Por falar em maternidade, a filha de Woolley, Julia, 11, também participa do disco com um vocal na faixa “Volta Bem”, dedicada ao baterista Paulo Almeida. “Essa é uma espécie de oração que fiz enquanto ele estava desacordado, durante uma cirurgia no coração”, falou a compositora.

Na bolachinha há duas músicas com vocal, mas sem letras, de autoria de Woolley. Com letra e música da instrumentista, “Manhã de saudade”, é interpretada por Livia Nestrovski. “Fiz no dia do enterro do meu pai, no carro, indo para o local em 2006”, disse a pianista que conta no show de lançamento tanto com Livia Nestrovski, quanto com sua filha Júlia, além da cantora Vanessa Moreno.

Perguntada sobre como as pessoas poderiam se preparar para o show de amanhã, Woolley respondeu: “Acho que a única forma de se preparar para o show é ir de coração aberto. É uma apresentação na maior parte instrumental e totalmente autoral, com muito espaço para improvisação. Sou fã de todos os músicos que participam, então sou suspeita para falar. Na minha página do Facebook e no site tem o making of das gravações e algumas faixas do disco, pra quem quiser conhecer um pouco do trabalho!” facebook.com/louisewoolleypiano e www.louisewoolley.com”

Portanto, programe-se. Perder um show desse naipe, com esses músicos e “no Vascão”, ou seja, na faixa, é vacilo. Não vacila não!

SHOW LANÇAMENTO CD “RESSONÂNCIAS”

ARTISTA Louise Woolley

ONDE Centro Cultural São Paulo, sala Adoniran Barbosa, r. Vergueiro, 1000, tel. 3397 4002

QUANDO Quinta-feira (20), às 20h30