Virada Cultural: Sem Inscrição Não Vira

Por Carlos Bozzo Junior
(Fotomontagem: Carlos Bozzo Junior)
(Fotomontagem: Carlos Bozzo Junior)

Quer tocar, cantar ou se apresentar na 11ª edição da Virada Cultural de São Paulo, marcada para os dias 20 e 21 de junho de 2015? Tem que se inscrever. Ainda dá tempo, mas só até o dia 27 de abril. A url https://docs.google.com/forms/d/12eXqVxWF1l_HqNq09BVehgVIj98x3Dfqfbq2HulcSY8/ recebe as inscrições de propostas de projetos artísticos e culturais.

Preencha o formulário e apresente seu projeto que será analisado por uma comissão curadora. As áreas da cultura, direcionadas para públicos de todas as idades, a serem contempladas são: dança, circo, cinema, teatro, artes visuais, gastronomia, espetáculo infantil, artistas de rua e música.

Embora o formulário de inscrições para o evento seja muito fácil de ser preenchido e intuitivo ao extremo, O Música em Letras mostra em uma dúzia de passos como se inscrever. Não há mistério.

1° Escolha uma área de atuação, apenas uma. Entre elas, há música e sarau.

2° Defina a natureza do projeto entre duas opções: apresentação de palco ou apresentação na rua ou em outros espaços.

3° Indique a origem da atração, nacional ou internacional. Se internacional, indique o país de origem.

4° Nomeie o projeto.

5° Nomeie o proponente.

6° Escreva uma sinopse com no máximo 350 caracteres sobre seu projeto.

7° Informe o orçamento do projeto, incluindo o valor total das despesas de transporte, alimentação, produção e taxas bancárias.

8° Insira um link/site (apenas um) que ilustre bem seu projeto.

9° Escreva um e-mail de contato (apenas um).

10° Informe um número telefone com DDD.

11° Informe um número de celular com DDD.

12° Aguarde o resultado.

O evento- promovido pela prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, com apoio e adesão de outros parceiros institucionais- já foi alvo de inúmeras polêmicas. Entre elas, no meio musical, discute-se o critério de avaliação utilizado para a contratação das atrações, a qualidade e os cachês. Entre a população, a depredação do patrimônio público, a violência e a falta de higiene. Para o Música em Letras, a Virada Cultural é de grande importância, entre outras coisas, por mostrar gratuitamente a música e seus músicos a um grande número de pessoas.

A opção de se inscrever é sua. O show é para a cidade. Urbanizar é responsabilidade de todos.

Boa sorte.